Emancipação

Município novo, mas de muita história


O padre José de Anchieta - canonizado pela Igreja Católica - chegou à região em 1581

 

Embora tenha sido município autônomo há apenas 53 anos, a origem de Presidente Kennedy remonta ao início do período de colonização do Brasil pelos portugueses, há quase 500 anos. Seu território foi desmembrado de Itapemirim com a emancipação em 30 de dezembro de 1963. A lei estadual de criação da cidade só entrou em vigor no dia 4 de abril de 1964.

 

O município se chamaria Batalha, mas o assassinato, nos Estados Unidos, do presidente norte-americano John Fitzgerald Kennedy, que comoveu o mundo, fez isso mudar. O crime ocorreu em meio ao processo de desmembramento - no dia 22 de novembro de 1963.

 

A alteração do nome, em homenagem ao político, foi proposta pelo deputado estadual Adalberto Simão Nader, então presidente da Assembleia Legislativa. Hoje, Kennedy tem 588 Km² e 11.221 habitantes, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

 

Origem

 

O município de Presidente Kennedy, tem sua origem na localidade de Muribeca, onde começou verdadeiramente com a chegada dos Padres Jesuítas para catequizar nossa gente. Ali, foram encontrados índios das tribos Puris, Goitacazes e Botocudos. Os primeiros imigrantes foram: Átila, Vivácqua, Vieira, Ulisses Fontão, João e Sátiro Henrique, entre outros.

 

Quando o padre José de Anchieta - canonizado em 2014 pela Igreja Católica - chegou à região, em 1581, vindo do Rio de Janeiro, construiu, com mão de obra de escravos e índios uma igreja de madeira na Planície de Muribeca, às margens do rio Itabapoana, foi um marco.

 

Era o pontapé inicial para o desbravamento da região, onde o religioso instalou ainda residência, oficinas, enfermaria, horto, pomar, criadouro de peixe, casa de farinha e usina de açúcar.

 

Mais de um século depois, outro jesuíta, padre André de Almeida, instituiu nas imediações da igreja a Fazenda Muribeca, legalizada em 1702. A propriedade foi uma das maiores fazendas pecuárias do Brasil, abrangendo sul do Espírito Santo e norte do Rio de Janeiro, até a região de Campos.

 

Igreja das Neves foi construída em meados do século XVII onde havia a igreja de madeira construída por Anchieta. Por volta de 1694, com ajuda de índios catequizados e escravos, o novo templo foi erguido. A imagem de Nossa Senhora das Neves veio de Portugal em 1750.

 

John Kennedy dá nome ao município

Comentários

VEJA TAMBÉM...