Banestes vai patrocinar livro de crônicas de estudantes - Jornal Fato
Educação

Banestes vai patrocinar livro de crônicas de estudantes

O sonho de um grupo de mais de 60 estudantes entre 15 e 17 anos de ver suas crônicas publicadas em um livro vai se tornar realidade


- Facebook

Incentivados e coordenados por professores, eles estão promovendo uma "vaquinha virtual" para arrecadar até o dia 19 de dezembro R$ 15 mil e assim colocar seus textos no papel. Nesta quinta-feira (6), foram surpreendidos com a notícia do patrocínio do valor total por parte do Banestes.

O diretor-presidente do Banco, Michel Sarkis, juntamente com o secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha, e a secretária de Estado da Comunicação, Andréia Lopes, fizeram uma visita surpresa à Escola Estadual Presidente Getúlio Vargas, o Polivalente de Aquidaban, em Cachoeiro de Itapemirim, para levar a notícia do apoio financeiro.

Com o auditório do colégio lotado, estudantes, professores e muitos pais estavam reunidos após a direção da instituição de ensino convocá-los para o que seria aparentemente apenas uma apresentação do projeto, intitulado "Livro é Lugar de Fala", para um grupo de convidados.

Depois de apresentação musical por parte de estudantes, além de depoimentos emocionantes de três alunos que estão escrevendo crônicas para compor o livro e de professores idealizadores do projeto, foi passada a palavra para o secretário de Educação.

Ainda sem revelar o real motivo de estarem na escola, Haroldo Rocha parabenizou a iniciativa do projeto, destacando o empenho inspirador dos professores e também o talento dos estudantes. "Ficamos muito felizes quando soubemos da descoberta de tantos talentos e da mobilização de toda a escola e comunidade em torno dessa iniciativa. E nos juntamos para vir aqui para motivar ainda mais vocês", falou o secretário.

Em seguida, passou a palavra para Michel Sarkis, que fez uma mensagem inicial e finalmente informou aos estudantes que estava ali como Banestes para anunciar o patrocínio de R$ 15 mil para viabilizar o projeto.

"A mobilização de vocês é inspiradora. Não apenas em função da importância da leitura e da dedicação à escrita, mas também pelo lado empreendedor de todos os envolvidos no projeto. É por isso que o Banestes veio apoiar essa iniciativa com a entrega de R$ 15 mil. Mas queremos que vocês firmem um compromisso com a gente de conquistar o objetivo inicial do projeto, de arrecadar até dezembro os R$ 15 mil, e usem o valor entregue pelo Banco para custear a publicação de outro livro, incentivando ainda mais essa mobilização tão bonita", declarou o diretor-presidente do Banco.

A notícia contagiou todo o auditório. Os estudantes aplaudiram, se abraçaram e muitos até choraram. "Todos estão muito envolvidos nesse projeto e agora isso vai ser realmente viável. O Banestes veio para nos dar a oportunidade de sonhar ainda mais. Não apenas realizar o livro de crônicas, mas aproveito para anunciar que, com esse patrocínio, vamos lançar em 2019 o concurso de redação da escola e os melhores textos vão compor um novo livro", anunciou o professor Rômulo Farias, sendo seguido por mais aplausos.

"Livro é Lugar de Fala" surgiu a partir da percepção do potencial dos alunos por parte de professores como Rômulo e também Maria Gabriela. Estimulados com rodas de leitura e produção dos textos, os estudantes surpreenderam os educadores e a eles mesmos com crônicas belíssimas. Foi então que a ideia do livro surgiu, e com ele vieram os desafios de bancar os custos com edição, diagramação, impressão, distribuição, entre outros.

O secretário de Educação ressaltou o empenho de todos: "Essa é uma das unidades de ensino que nos dá orgulho de ter em nossa rede, com essa força de produzir e compartilhar conhecimento, transformando a escola em um espaço de referência para os jovens. Aqui, o que chama atenção é essa conexão com a realidade local e brasileira que eles estão apresentando por meio das crônicas e da literatura. Toda a equipe de professores está de parabéns com as atividades pedagógicas que estão propondo para os estudantes. Sei que não é somente esse projeto e existem muitos outros. Esse é um dos motivos que estamos no topo do Ensino Médio no Brasil".

Quem quiser acompanhar o projeto e fazer doações pode acessar o site: www.catarse.me/livroelugardefala

Comentários

VEJA TAMBÉM...