Crianças mergulham nas histórias de Monte Alegre - Jornal Fato
Cultura

Crianças mergulham nas histórias de Monte Alegre

Objetivo é resgatar crianças que deixaram de participar das rodas de caxambu após chegada de igrejas neopentecostais


Foto: Luan Faitanin Volpato

A Comunidade Quilombola de Monte Alegre, no interior de Cachoeiro de Itapemirim, sedia, durante todo o ano de 2018, o projeto "Roda do Mês". Trata-se de iniciativa pela qual os conhecimentos do grupo de caxambu Santa Cruz são transmitidos aos jovens da comunidade.

O intuito é fortalecer o grupo e fomentar a incorporação de novos membros entre os moradores do local, principalmente as crianças e os adolescentes, que garantirão sua continuidade.

Com 130 anos de fundação, o Santa Cruz é tradicional grupo de caxambu local, certificado pelo Iphan como Patrimônio Imaterial do Brasil e comandado há mais de 50 anos pela mestra Maria Laurinda Adão. O grupo conta com a participação de moradores da comunidade.

O ponto alto dos festejos do Caxambu Santa Cruz ocorre anualmente em 13 de maio, quando é realizada, em Monte Alegre, a festa "Raiar da Liberdade", em que o grupo, juntamente com seus convidados, relembra e comemora a abolição da escravidão no Brasil.

Por meio do projeto, os jovens de Monte Alegre aprofundam seus conhecimentos sobre as tradições da comunidade através da realização de oficinas de contação de histórias do quilombo, ministradas por Maria Laurinda Adão, Adevalmira Adão Felipe e Neuza Gomes Ventura, mestras do grupo Santa Cruz.

As edições de junho (uma em Monte Alegre e outra no município de Alegre) foram consideradas sucesso, e contaram com a participação de meninos e meninas do local, que, além da contação de histórias, participaram de rodas de caxambu.

Na ocasião, os jongos, os toques de tambor e os passos da dança foram ensinados a eles. Esse momento prático de contato real com a cultura quilombola finaliza cada uma das edições do projeto, realizadas ao longo do ano.

"Em função da chegada das religiões neopentecostais no quilombo, muitas dessas crianças deixaram de participar das tradicionais rodas de caxambu da comunidade. Levar os conhecimentos do grupo Santa Cruz para os alunos de educação infantil e do ensino fundamental da escola de Monte Alegre é fortalecer e garantir a continuidade desse tradicional grupo cultural do Espírito Santo", conta Genildo Hautequestt Filho, Coordenador Técnico do Projeto.

As edições do "Roda do Mês" ocorrem mensalmente e são totalmente gratuitas e abertas à visitação popular. O encontro de julho ocorrerá sábado, às 19h00, em Monte Alegre.

 

Como chegar

Seguir pela BR482 (Cachoeiro x Alegre) e virar à direita no trevo de Burarama. Após a sede do Incaper, virar à direita e seguir por mais 8 km de estrada não pavimentada (que passa por dentro da Floresta Nacional de Pacotuba) até a comunidade de Monte Alegre.

 

Comentários

VEJA TAMBÉM...