Moradores pedem ajuda para combater mosquitos - Jornal Fato
Comunidade

Moradores pedem ajuda para combater mosquitos

Segundo moradores do bairro Santa Helena, o córrego, que virou um esgoto a céu aberto, ajuda na proliferação dos insetos.


Dayane Hemerly

 

Os moradores do bairro Santa Helena, em Cachoeiro de Itapemirim, reclamam da infestação de mosquitos que se agravou nos últimos dias.

 

Janaina Mendes, de 39 anos, diz que para dormir é difícil por conta da quantidade de mosquitos na região. "Já por volta das 17h é difícil ficar dentro de casa. A gente passa um sufoco de tanto mosquito", conta a mulher que mencionou já ter acionado a prefeitura, mas não teve respostas positivas.

 

"Eles me informaram que o carro fumacê só passa em caso de registro de dengue", relata.

 

A moradora diz que a filha tem alergia a picadas de mosquito e tem sofrido com a situação. "Minha filha está mal sempre, porque é alérgica. Os venenos que compramos na rua já não resolvem mais. Isso faz mal pra gente e não sabemos mais o que fazer, estamos pedindo socorro", desabafa.

 

Ele relata que mantém o seu quintal e jardim limpos, grama cortada, mas, mesmo assim, não adianta. "Eles saem no final da tarde, ficam escondidos nas árvores, no matagal", menciona Janaina, que ainda complementa dizendo que as pessoas que moram mais perto do esgoto contaram que uma equipe da prefeitura já esteve no local, tirou foto, mas ainda não fez nada.

 

"Um senhor que mora mais perto me mostrou o banheiro dele, infestado de mosquito. Como podemos viver assim?", finaliza.

 

Passeata

 

Janaina conta que na semana passada os moradores se reuniram e fizeram uma passeata em torno do córrego do bairro, para sensibilizar as autoridades públicas, para que tomassem uma providência.

 

"Esse córrego é um esgoto a céu aberto há anos. Pedimos que a prefeitura nos ajude", comenta.

 

Durante a passeata os participantes conscientizaram, também, outras pessoas para que não joguem lixo no córrego e que façam a sua parte.

 

Por meio de nota, a Vigilância Ambiental de Cachoeiro informou que na sexta-feira (29) vai enviar uma equipe ao local para verificar a situação. Seguindo o cronograma de ações da Vigilância, a previsão é que na primeira quinzena de outubro os agentes de endemia façam um trabalho de prevenção, orientação e eliminação dos mosquitos.

 

Fotos: Janaina Mendes

 

Comentários

VEJA TAMBÉM...