Quase todas as empresas do Brasil não sabem utilizar o marketing digital - Jornal Fato
Colunistas

Quase todas as empresas do Brasil não sabem utilizar o marketing digital

Um estudo realizado pela The Boston Consulting Group, com o apoio do Goolge, mostrou que, no Brasil, até as empresas consideradas gigantes, não estão sabendo aproveitar todo o potencial que o marketing digital oferece.


 

Um estudo realizado pela The Boston Consulting Group, com o apoio do Goolge, mostrou que, no Brasil, até as empresas consideradas gigantes, não estão sabendo aproveitar todo o potencial que o marketing digital oferece. Nessa pesquisa, onde mais de 60 empresas participaram, foi confirmado que o marketing digital ainda precisa evoluir bastante no país para que se torne totalmente eficaz.

Nesse estudo, ficou provado que a maior parte dessas empresas, 55%, estão ainda em estágio emergente, 37% são classificados como conectados, 6% nascentes e, no seu aproveitamento, apenas 2% delas.

Segundo afirmou Eduardo Leone, sócio do BCG, apenas 23% dessas empresas fazem a integração dos dados on e off-line e, o mais espantoso, 59% delas não possuem nem ao menos a integração entre os dados online.

Para melhor entender a classificação, veja abaixo o significado de cada uma delas:

1 - Nascente = campanhas de marketing usando, na sua maioria, 3rd party data e compra direta de mídia, onde o resultado de vendas não é tido como grande preocupação;

2 - Emergente = campanhas baseadas em 1st party data e compra de mídia programática com otimização e teste de forma independente por canal de mídia;

3 - Conectado = dados integrados e ativados ao longo de múltiplos canais de mídia com clara conexão a ROI e resultado de vendas;

4 - Multimomento = Execução dinâmica, otimizada e personalizada para cada cliente ao longo de todos os canais de mídia.

Segundo a pesquisa, um dos principais obstáculos para que haja investimento no crescimento do marketing digital se encontra na forma e no controle automático para a entrega das mensagens. Apenas 4% das empresas não informaram dificuldades na mecanização das entregas, 91% não tem uma personalização avançada nos sites e 44% funciona sem possuir nenhuma personalização.

Isso mostra o quão necessitadas essas empresas estão para que as suas exigências sejam atendidas para que possam atender o consumidor dentro de um novo ambiente online.

Outra grande dificuldade encontrada é a ausência de métodos efetivos que possam fornecer com exatidão os resultados. De todas as empresas ouvidas, 52% afirmaram que utilizam modelos de atribuição, mas, apenas 20% delas utilizam ferramentas atualizadas, que conseguem contribuir para que uma decisão possa vir a ser tomada baseada em números que deem confiança.

Hoje, os algoritmos estão trabalhando de forma mais produtiva, aumentando a sua escala. É por isso que pode-se afirmar que eles são os grandes responsáveis para solucionar os problemas do novo consumidor da era da assistência, sejam eles curiosos, exigentes e impacientes.

Quando o cliente chega ao local da venda, ele já sabe o que ele vai comprar. Afinal de contas, o que ele queria saber já foi respondido quando ele procurou pela internet, e, com isso, ele não terá dúvidas sobre o que irá levar.

Segundo o estudo, acompanhar o crescimento na trajetória do marketing com base nas informações que os dados oferecem requer grandes esforços. E eles se apresentam em algumas formas, onde as principais delas são:

Targeting baseado em dados - feito para impulsionar as fontes de dados, para que possam gerar insights para capturar novos consumidores;

Ativação automatizada e personalizada - feito para dar mais agilidade à compra de mídia e entregar as mensagens personalizadas em uma escala maior;

Mensuração e atribuição - é onde é possível realizar a medição, a atribuição e o gerenciamento dos resultados em todos os pontos de contato, a fim de que possa potencializar o retorno;

Organização e colaboração - faz a integração dos profissionais de forma rápida, por meio de teste e aprendizado.

Desafios

Os desafios para essa nova era do marketing digital não se prendem apenas à tecnologia. Os obstáculos encontrados dentro da organização e as mudanças que a evolução digital impõe possuem o mesmo peso. 73% das empresas sofrem por causa da má coordenação das equipes que realizam múltiplas funções. 70% delas não possuem os mesmos objetivos que os outros canais.

                                                                                     

 Site: ttp://cleitonmartins.com.br

 

Comentários

VEJA TAMBÉM...