Presidente Kennedy sai na frente com Fundesul - Jornal Fato
Cidades

Presidente Kennedy sai na frente com Fundesul

Em concorrida solenidade, escritório regional do Fundo de Desenvolvimento Econômico do Sul do Espírito Santo é inaugurado


Segundo prefeita, taxas de juros são menores do que as oferecidas em municípios do Norte abrangidos pela Sudene - Foto: Divulgação

As opções de crédito mais atrativas no Estado atualmente para quem quer ampliar ou abrir um novo negócio. É o que os empreendedores da região podem encontrar no escritório regional do Fundo de Desenvolvimento Econômico do Sul do Espírito Santo (Fundesul) em Presidente Kennedy.

Inaugurado na tarde de ontem - em concorrida solenidade (com participação, inclusive, do governador Paulo Hartung e boa parte de seu primeiro escalão) -, o espaço está funcionando no térreo de moderno edifício no centro da cidade, na Rua Antônio Jaques Soares, nº 54.

A Prefeitura kennedense foi a primeira a aportar recursos (R$ 50 milhões) e se tornar cotista do Fundo, criado pelo governo capixaba por meio do seu Banco de Desenvolvimento (Bandes), presidido pelo economista Aroldo Natal Silva Filho.

A aposta é ambiciosa: que a pioneira iniciativa diminua a dependência do dinheiro dos royalties do petróleo, seja a divisora de águas quanto à diversificação da economia de Presidente Kennedy, município que é o principal produtor capixaba de leite, mas cuja Prefeitura ainda é a maior empregadora.

"Estamos, sim, inaugurando um novo tempo em nossa economia. O que representa este momento é de tamanha grandiosidade que vocês daqui a alguns anos vão ver o que vamos colher com esta sementinha que estamos plantando... Estamos abrindo as portas para os investidores, não apenas os de fora do município, mas sobretudo os que já vivem e têm seus negócios aqui", disse a prefeita Amanda Quinta Rangel.

Segundo Amanda, as taxas de juros do Fundesul Presidente Kennedy são menores - e a carência e prazos, maiores - do que as oferecidas em municípios do Norte do Estado abrangidos pela Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

"Fizemos uma linha especial de crédito muito mais vantajosa do que a da Sudene, faço questão de reforçar isso".

O governador Paulo Hartung, em seu discurso, retomou uma importante questão abordada anteriormente por Amanda Quinta (a finitude do petróleo) - e a busca por fontes de energia limpa - para exaltar a importância do Fundo para o futuro da região.    

"O mundo vai devagarzinho se distanciando da matriz energética focada em combustíveis fósseis. A energia do vento passa a ser usada no mundo, a energia do Sol passa a ser usada no mundo e a tecnologia está se desenvolvendo para que essa energia seja barata... Precisamos ter a cabeça no presente e os olhos no futuro, é assim que a gente age de uma maneira produtiva...  Hoje, como disse a prefeita, estamos plantando uma bela semente para o futuro de Presidente Kennedy... Celebrando a primeira prefeitura que adere ao Fundesul", expôs Hartung.     

 

Procura

De acordo com dados do Bandes, já foram atendidos mais de 100 interessados em contrair as linhas de crédito do Fundesul Presidente Kennedy, que vão de R$ 50 mil a R$ 15 milhões.

Empreendimentos de variados tipos e segmentos podem ter acesso aos recursos. Porém têm que funcionar dentro do município. Até agora, a procura tem a seguinte representação: rural (44%), comércio (30%), serviços (19%) e indústria (7%).

 

 

 

 

 

 

 

Comentários

VEJA TAMBÉM...