Festival premiou os melhores - Jornal Fato
Bienal

Festival premiou os melhores


Fotos: Luiz Carlos Cardoso

 

por Dayane Hemerly

 

O 2º Festival Newton Braga de Poesia Falada, que encerrou a VI Bienal Rubem Braga, no Teatro Municipal de Cachoeiro de Itapemirim, premiou quatro pessoas na noite de domingo (05).

 

Ao todo, foram 10 poesias selecionadas e apresentadas. Uma comissão de julgadores avaliou as melhores interpretações. Foram entregues troféus e prêmios em dinheiro para a melhor poesia e as três melhores interpretações. No total, foram R$ 4500,00 em prêmios.

 

Confira quem foram os vencedores:

 

 

Anderson Fraga recebeu das mãos da atriz Isabel Bremide a Menção Honrosa do júri pela interpretação da poesia "Quebra-Cabeças".

 

 

Anderson Bardot recebeu das mãos do editor da Editoria Cachoeiro Cult Fernando Gomes o prêmio de melhor poesia do festival.

 

 

O 1º lugar de Melhor Interpretação, com a poesia "Terceira Pessoa", de Daniela Dias, foi para Danieli Borgoni, que recebeu o prêmio das mãos da atriz e diretora Rejane Arruda.

 

 

O 2º lugar de Melhor Interpretação, com a poesia "O Ser", foi para Margareth Galvão, que recebeu o prêmio das mãos do coreógrafo Jeremias Schaydegger.

 

 

O 3º lugar de Melhor Interpretação, com a poesia "Doca", foi para Anderson Bardot, que recebeu o prêmio das mãos do ator Mário Ferreira.

 

 

Na ocasião, Ariette Moulin recebeu uma homenagem dos organizadores do evento.

 

O ator Luiz Carlos Cardoso, membro da Companhia do Outro e organizador do evento, disse que o Festival superou suas expectativas e que tudo saiu como o planejado. "É sempre muito bonito ver interpretações criadas especialmente para o evento, com livre expressão dos nossos artistas, tanto no fazer poético quanto na performance em cena".

 

Luiz falou ainda sobre a participação do público, que, de acordo com ele, reagiu às apresentações com carinho. "Um ponto alto foi a homenagem à Dona Ariette Moulin que nos recebeu de braços e coração aberto. Foi maravilhoso!", concluiu.

 

O 2º Festival Nacional Newton Braga foi produzido pelo Grupo Anônimos de Teatro e pela Cia. Nós de Teatro, com recursos do Funcultura pelo edital de Coletivos Juvenis da Secretaria de Estado da Cultura. 

Comentários

VEJA TAMBÉM...