Uma breve reflexão - Jornal Fato
Artigos

Uma breve reflexão

Vivemos na era digital e nela as notícias correm rapidamente, rastros são deixados a cada postagem ...


Por Rodolpho Verediano

 

Quem bom voltar a escrever a este jornal, meio de comunicação impresso, digital e que chega a um público de pessoas interessadas na verdade de FATO! Depois de tanto tempo ausente, devido ao curso de Pós-Graduação em Ciências Políticas, tive tempo ainda para repensar os textos que aqui publiquei, forma como me comuniquei, responsabilidade daquilo que me propus a fazer e, por fim, as consequências dessa postura.

Vivemos na era digital e nela as notícias correm rapidamente, rastros são deixados a cada postagem em tudo que desejamos compartilhar ou opinar na rede. Ao prudente quase nenhum problema, mas ao tolo todo cuidado é pouco. Realizar críticas às mazelas da sociedade e da política nos deixa entender que estamos criando identidade aos homens justos, mas os justos não se deixam levar por palavras bonitas; baseiam-se por nossa conduta no dia a dia. Falar bonito é fácil, mas quem somos de verdade? Temos de ter o cuidado para não andar em desacordo com toda a moralidade que exigimos dos nossos representantes.

Uma frase atribuída a Charles Jay Sykes, comentarista político, diz o seguinte: "Antes de tentar arrumar o mundo tente arrumar seu próprio quarto." Se tivermos condição de arrumar nosso próprio quarto, logo poderemos assumir responsabilidades maiores e de forma sucessiva, jamais deixando de buscar o aperfeiçoamento de nossas vidas e a retidão em nossas condutas.  Coincidência ou não, após me posicionar como inimigo dos políticos corruptos, passei a ser alvo de perfil falso no facebook e indecentes propostas no dia a dia. Tem muita gente incomodada, querendo nivelar por baixo seus opositores, e essa é a importância de se buscar retidão além das redes sociais. A pergunta a ser feita é a seguinte: Quem somos quando ninguém está olhando?

Enfim, além comunicar meu retorno a esse nobre espaço no Jornal, quero também deixar aos amigos e irmãos a reflexão de que precisamos ter em nossos atos. Se ainda não estivermos prontos para assumir responsabilidades maiores em prol de mudanças concretas no meio em que vivemos, que possamos dar o pontapé inicial, arrumando ao menos a cama que dormimos e sendo sábios na escolha daqueles que se julgam capazes de pensar por nós dentro dos poderes do Estado.

 

Rodolpho Verediano é Pós Graduado em Ciências Políticas, Graduado em Rochas Ornamentais e Técnico em Logística. Atua no setor de Rochas Ornamentais há mais de dez anos e tem como hobby a prática de Crossfit

 

Comentários

VEJA TAMBÉM...