Ultimamente - Jornal Fato
Artigos

Ultimamente

Ultimamente as pessoas estão extremamente indignadas


Ultimamente as pessoas estão extremamente indignadas. Seja pelo governo, estado, religião ou pelo comportamento das pessoas. Ultimamente tudo se resume em nada. Tudo é motivo para discussão, uma briga social, uma briga institucional, uma briga de crenças.

 As pessoas, essas que brigam por tudo, estão no pedestal de todo o saber. Já aquelas que optam por não se manifestar estão no pedestal de nenhum saber. As pessoas na verdade, criticam umas às outras, sem olharem para si. Uma simples reflexão sobre o que se fez de bom no dia, não cabe no dicionário popular de cada um. Mas elas são cuidadosas, cuidam tão bem da vida alheia que se esquecem da própria.

Engraçado como tudo acontece, porque nós só sabemos julgar o gosto de cada um. Esse gosto vai além de qualquer premeditação. No entanto, sofre abusos irreparáveis. Cada um está certo da sua verdade. O que não é concordado, rapidamente é discordado. Fácil assim.

Tão fácil quanto olhar pela janela e avistar um país que está no abismo. O mesmo que deixa a desejar inúmeras coisas. Porém, as pessoas que o habitam, não estão atrás desta situação, mas sim lado a lado. Tudo se forma por meio de uma opinião, essa, gera conflitos e debates. Gira o mundo como andar de bicicleta: simples, fácil e prático. Porém se não tiver equilíbrio, a queda poderá causar danos.

Tudo funciona como um sonho: "-Numa noite tive um pesadelo, sonhei que caía de um abismo, acordei meio assustado, com medo do que acabara de acontecer enquanto dormia. No restante da noite não consegui mais pegar no sono, fiquei repassando a cena do meu apavoramento diversas vezes. Ao amanhecer, enquanto me arrumava para o trabalho, avistei na calçada de minha casa um senhor que ali dormia e pus-me a pensar, quanto medo ele já não passou, quanta fome, quanto frio. E em meio aos meus pensamentos, o observo levantar, recolher suas coisas e caminhar para um rumo desconhecido até então, não sabia em qual esquina passaria aquele dia, porém levava consigo um lindo sorriso no rosto". Ultimamente as pessoas necessitam de uma reparação.

Comentários

VEJA TAMBÉM...