O que a gente aprende com a eleição? - Jornal Fato
Artigos

O que a gente aprende com a eleição?

Nada, infelizmente! Gostaria muito de sentar agora, em frente ao computador, e escrever orgulhosamente de um povo civilizado e bem informado


Por Bruna Hemerly

 

Nada, infelizmente! Gostaria muito de sentar agora, em frente ao computador, e escrever orgulhosamente de um povo civilizado e bem informado. Mas o que vemos? Um povo revoltado e aparentemente sem nenhuma informação convincente.

A revolta é até explicável pela bagunça que se tornou a política no Brasil. O descrédito dos candidatos, principalmente para reeleição, é reflexo de uma sociedade que está buscando forma de reverter a situação, mas, o mais decepcionante é ver que em pleno 2018, com tanta tecnologia e acesso à informação, o brasileiro prefere gastar o seu tempo com discussões fúteis e espalhando notícias falsas.

Poderia ter salvo as inúmeras mensagens que recebi de pessoas que considero instruídas e estudadas, mas que compartilhavam a todo momento informações falsas e para meu espanto, algumas bem inacreditáveis mesmo.

Não dá pra entender como uma pessoa acredita em uma mensagem do WhatsApp (que agora até nos avisa quando é encaminhada) e não busca informações sobre o assunto, ao invés disso, prefere continuar a corrente de enganação, enviando para mais e mais pessoas.

Ontem eu usei um termo muito chulo para definir o que penso de tudo isso. Falei que estou enojada. Mesmo trabalhando ao lado de político, nunca precisei expor minhas preferências (e quando fiz, foi por livre vontade), ou ofender lado oposto para convencer que o meu era correto.

E para piorar, entre as fake news, ainda tinha (ou tem) aqueles eleitores que até a última eleição criticava um grupo e agora caminha todo orgulhoso ao lado deles. Gente, vamos ser mais éticos e decentes. Não quero dizer pra não "mudar de lado", mas para respeitar o lado contrário, porque amanhã, você pode estar envolvido com eles.

Vamos ter cuidado com o que compartilhar, antes de passar aquela foto do candidato com frase polêmica, verifique se é verdade e em que contexto foi aplicado. Para muita gente a política é tudo ou nada e para garantir o tudo, fazem qualquer coisa, inclusive usar pessoas de bem, como a gente, para disseminar mentiras e teorias da conspiração.

Que sejamos autocríticos no que lemos e ouvimos. Não se deixem ser usados por grandes poderes, enquanto se preocupam apenas com o que diz a Rede Globo. Cuidado! Tem muita mais gente te manipulando e você nem imagina.

Comentários

VEJA TAMBÉM...