Deus vegano - Jornal Fato
Artigos

Deus vegano

Quando Deus diz que o homem dominará sobre todos os animais, ele não fala em escravizar, matar e se alimentar dos animais


Em Gênesis 1, 29 Deus disse ao homem: Eis que vos dou toda erva que dá semente sobre a terra e todas as árvores frutíferas que contêm em si mesmas a sua semente para que vos sirvam de alimento. 30 E a todos os animais da terra, a todas as aves do céu, a tudo que se arrasta sobre a terra, e em que haja sopro de vida, eu dou toda a erva verde por alimento. E assim se fez. 31 Deus contemplou toda sua obra, e viu que tudo era muito bom. Quando Deus diz que o homem dominará sobre todos os animais, ele não fala em escravizar, matar e se alimentar dos animais.

Há mais de trinta anos que não como carne vermelha e por um período não consumi nenhuma carne. Meu paladar se adapta melhor ao sabor das frutas e dos vegetais, e se não houvesse queda de proteínas no meu organismo já teria abolido o consumo de todas carnes em definitivo. Além das carnes vermelhas não serem bem digeridas, a minha opção é em defesa aos animais.  Vivi minha infância na roça tendo que presenciar a morte de porcos, bois, galinhas, patos, tudo que ia para a panela e era consumido pela família. Só quem testemunhou a morte de um porco, por exemplo, ouvindo seus gritos de desespero, é capaz de entender o que sinto. Há reboliço durante todo dia - o abate ainda de madrugada, a divisão das carnes, confecção de linguiça, do chouriço, do torresmo, fritura das carnes para conserva na banha, e etc, etc. Uma festa para uns, um velório para outros, como eu. Quando vejo um porco assado tenho vontade de chorar. Frescura? Nunca, apenas solidariedade. Os animais sentem dor idêntica a que sentimos, não tolero nenhum maltrato e opressão a eles, são seres inocentes e vulneráveis.

Influenciei meus netos nessa opção, um é vegano e duas são vegetarianas. Mas na verdade aprendi muito mais com eles, e com meus filhos que protegem e respeitam os animais e minha filha sonha em possuir um sítio em que acolherá todos os abandonados. E sonhamos todos com um mundo melhor, em que se respeite os direitos humanos, como também os direitos dos animais. E entendemos que, na linguagem simbólica do Gênesis, no estilo literário poético do povo hebreu, Deus estabeleceu normas de vivência harmônica entre homens e animais e nos legou um paraíso perfeito.

 


Dayane Hemerly Repórter Jornal Fato

Comentários

VEJA TAMBÉM...